Pentágono aprova realização de ataques aéreos na Síria

 

Caça dos EUA utilizado em ataques aéreos contra o Estado Islâmico (foto: EPA)

Caça dos EUA utilizado em ataques aéreos contra o Estado Islâmico (foto: EPA)

O secretário de Defesa norte-americano, Chuck Hagel, disse ao Congresso que aprovou um plano para atingir com ataques aéreos alvos do grupo jihadista Estado Islâmico (EI) na Síria. A medida só aguarda a autorização do presidente Barack Obama.

Mais cedo, o “Wall Street Journal” havia afirmado que o mandatário terá o máximo controle sobre ações realizadas no país árabe. Segundo o diário, os militares terão de pedir seu consentimento todas as vezes que quiserem atacar o EI no território sírio.

Para limitar o envolvimento dos Estados Unidos com a guerra civil na nação, os requisitos para efetuar operações ali serão muito mais rigorosos do que os usados para o Iraque, onde o governo norte-americano trabalha em cooperação com as autoridades de Bagdá.

No entanto, com o regime de Bashar al Assad a relação é de inimizade, e Obama deve inclusive enviar armas para os rebeldes sírios que não se aliaram ao Estado Islâmico. 

Fonte: Ansa Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *