Presidente mais pobre do mundo, Mujica completa 79 anos

(Análise) Ícone da simplicidade, Mujica completa 79 anos

O uruguaio é conhecido como “o presidente mais pobre do mundo”

O presidente do Uruguai, José Mujica, completa 79 anos nesta terça-feira (20) e as comemorações devem ser tão simples quanto seu jeito de viver. O mandatário, que ganhou os holofotes nos últimos anos, é conhecido por ser o líder mais pobre do mundo.
Mujica, ou “Pepe”, como é conhecido no Uruguai, anda de lambreta e mora em um sítio nos arredores da capital, Montevidéu, onde planta flores e pretende cultivar tomates e acelgas após deixar a Presidência, em março do próximo ano.

“Não vou ser um velho como esses que saem por aí dando conferências e cobrando cachês”, disse, durante uma visita recente a Washington, a primeira desde que assumiu o poder, em 2010. Na ocasião, ele foi recebido pelo presidente Barack Obama, que chamou o uruguaio de “um líder da luta pelos direitos humanos”.
Na agenda do encontro, estavam temas como a regulamentação da venda da maconha, que entrou em vigor há poucos dias no Uruguai, e a oferta de Mujica de receber presos de Guantánamo.

Em entrevista concedida ao jornal “The Wall Street Journal”, ele destacou que o Uruguai “não pretende se transformar no carcereiro dos Estados Unidos”, mas que está disposto a ajudar a desativar o presídio, que recebe detentos suspeitos de terrorismo e é criticado por organismos de direitos humanos.

Mujica, que nega comparações com o ex-líder sul-africano Nelson Mandela, já se ofereceu para receber refugiados sírios, em sua maioria crianças. Ele também já colocou a residência oficial uruguaia à disposição de moradores de rua durante uma onda de frio no país.

Mujica é conhecido por quebrar protocolos. Em 2009, ele disse ter vestido um terno pela primeira vez para se encontrar com o então presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em Brasília.

Outro de seus traços mais marcantes é a franqueza. No ano passado, sem saber que estava sendo gravado, disse que “a velha é pior que o vesgo”, referindo-se à presidente argentina, Cristina Kirchner, e ao seu falecido marido, Néstor Kirchner. O episódio causou uma tensão diplomática que demorou alguns dias para voltar ao normal.

A verdade é que Mujica é um guerreiro. Ele sobreviveu a um período de mais de dez anos preso em regime solitário durante a ditadura uruguaia (1974-1985). Membro do grupo Tupamaros, foi preso pouco antes do golpe que instaurou o governo militar.

O movimento ganhou fama mundial, na época, por suas ações tão inesperadas quanto algumas das declarações de Mujica. Conhecidos como espécie de “Robin Hood” latino-americanos, os tupamaros roubavam dos ricos para dar aos pobres.

Após subir ao poder, Mujica parece governar de acordo com os preceitos que o guiaram desde que era guerrilheiro, tentando dissolver injustiças.

Sobre a legalização da venda da maconha, que visa a combater o narcotráfico e que coloca o país na vanguarda dos direitos humanos – o Uruguai também legalizou o aborto e o casamento entre pessoas do mesmo sexo nos últimos anos –, ele costuma desconversar. “O único vício bom é o amor. Esqueça todo o resto”, disse uma vez.

Ansa Brasil

Uma resposta a Presidente mais pobre do mundo, Mujica completa 79 anos

  1. júnior machado fortaleza ce disse:

    GOSTEI DESSE PRESIDENTE CARA GENTE BOA VOTARIA NELE.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *