Mulher é presa por obrigar filha a fazer sexo por moradia

Conselho Tutelar afirma que a casa do idoso que abrigava mãe e filha é suja (Foto: Divulgação)

Conselho Tutelar afirma que a casa do idoso que abrigava mãe e filha é suja (Foto: Divulgação)

Uma mulher de 47 anos foi presa em Tatuí, São Paulo, na última sexta-feira, 9, por obrigar a filha adolescente a se prostituir em troca de um lugar para as duas morarem.

Segundo depoimento da criança de 12 anos, ela era obrigada a manter relações sexuais com três homens, de 37, 46 e 71 anos. O idoso é o dono da casa onde elas estavam há três meses.

A garota foi resgatada em situação muito debilitada por estar há dias sem água e comida adequada, e suja por estar há cinco dias sem banho. A adolescente estava infestada de piolhos. Durante todo o tempo do depoimento, a garota pedia para tomar banho.

Ela contou que era obrigada a fazer sexo vaginal, anal e oral com os autores.

A delegada responsável pelo caso acredita que, além da moradia, a mãe também recebia algum benefício financeiro. Isso porque ela deixava a menina sozinha com o idoso e ia trabalhar. Para a delegada ela sabia dos abusos, compactuava e ainda tirou a filha da escola, talvez para ninguém saber do caso.

A garota foi encaminhada para o Abrigo Municipal de Crianças e será submetida a exame de corpo delito no Instituto Médico Legal (IML) de Itapetininga-SP.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *