Operação militar deixa guerrilheiro das Farc morto

 

Um guerrilheiro das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) morreu e outros nove foram capturados em duas operações lançadas pelo governo após o ataque que matou 11 soldados na região de Cauca, colocando em risco o processo de paz iniciado pelo presidente Juan Manuel Santos.     O anúncio foi feito pelo ministro da Defesa, Juan Carlos Pinzón, durante uma visita a uma unidade militar a qual pertenciam os militares mortos pelo grupo.     Santos autorizou nesta quarta-feira (15) a realização de ataques aéreos contra as Farc. A ação é resposta à morte dos militares na operação atribuída ao grupo guerrilheiro, quando outros 17 soldados ficaram feridos.

Operação militar deixa guerrilheiro das Farc morto (foto: EPA)

Um guerrilheiro das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) morreu e outros nove foram capturados em duas operações lançadas pelo governo após o ataque que matou 11 soldados na região de Cauca, colocando em risco o processo de paz iniciado pelo presidente Juan Manuel Santos.

O anúncio foi feito pelo ministro da Defesa, Juan Carlos Pinzón, durante uma visita a uma unidade militar a qual pertenciam os militares mortos pelo grupo.

Santos autorizou nesta quarta-feira (15) a realização de ataques aéreos contra as Farc. A ação é resposta à morte dos militares na operação atribuída ao grupo guerrilheiro, quando outros 17 soldados ficaram feridos. 

Fonte: Ansa Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *