Policiamento no Complexo do Alemão é reforçado após troca de tiros

Os policiais da UPP do Alemão, que acompanhavam a manifestação, foram alvos de disparos vindos do interior da comunidade

Os policiais da UPP do Alemão, que acompanhavam a manifestação, foram alvos de disparos vindos do interior da comunidade

O policiamento foi reforçado no Complexo de Favelas do Alemão, na zona norte, após a troca de tiros entre militares e criminosos no início da noite de terça-feira, 27 de maio. Um homem morreu e outro foi preso. A polícia prendeu Romário de Morais da Silva, de 22 anos, conhecido como Romarinho, por envolvimento com o tráfico de drogas na região em cumprimento a um mandado judicial, expedido pela 20ª Vara Criminal do Rio.

Um grupo de moradores e mototaxistas do Complexo do Alemão fez uma manifestação no final da tarde de terça-feira, 27 de maio, na frente do quartel da Coordenadoria de Polícia Pacificadora (CPP) por causa da prisão. O grupo seguiu pela Avenida Itararé, chegando a bloquear a via por alguns minutos. Um ônibus foi incendiado. Policiais dos batalhões da região (16º BPM e 22º BPM) conseguiram dispersar o grupo e liberar o trânsito.

De acordo com a CPP,  ao se aproximarem da Avenida Central, os policiais da UPP do Alemão, que acompanhavam a manifestação, foram alvos de disparos vindos do interior da comunidade. Uma viatura da UPP Nova Brasília foi alvejada e um morador foi baleado no peito. Ele foi socorrido por policiais da UPP e levado para a Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) do Alemão, onde morreu, segundo a polícia. Outro morador também acabou ferido e foi levado para o Hospital Getúlio Vargas, na Penha. O estado de saúde dele é considerado estável.

A Divisão de Homicídios está investigando a morte do morador.

Fonte: Agência Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *