Pacientes aguardam cirurgia em Uberlândia

Duas mulheres aguardam cirurgia no braço, com o risco de colar no lugar errado

Mulheres aguardam cirurgia no braço, com o risco de colar no lugar errado

Duas mulheres que precisam fazer cirurgia no braço estão aguardando, sem saber quando passarão pelos procedimentos.

A diarista Sohara Maria, 52 anos, estava chegando ao trabalho quando tropeçou no meio fio, caiu e quebrou o braço esquerdo. Levada para o pronto socorro, o raio x não deixou dúvida: caso para cirurgia. Mas ela foi liberada para esperar o chamado em casa. Nessa condição em casa, ela está há cerca de 40 dias. Além da dor constante, ela está sem trabalhar e sem saber quando vai operar o braço.

A artesã Marta de Fátima há 4 meses sofreu um acidente de moto e quebrou o braço direito. Só que no caso dela, a cirurgia saiu mais rápido do que qualquer paciente pode esperar. O Hospital Municipal ligou para ela faltando uma hora para o procedimento cirúrgico. Resultado: perdeu a vaga e agora o osso colou no lugar errado. Ela também aguarda sem saber quanto tempo isso vai atrasar o tratamento.

Assista à reportagem completa com o repórter Carlos Viela e imagens de Romens Almeida:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *