Eric Takabatake é bronze e Brasil conquista primeira medalha no Grand Prix de Jeju

Imagem: Ministério do Esporte

Imagem: Ministério do Esporte

Na madrugada desta quinta-feira (26.11), no primeiro dia do Grand Prix de Jeju, na Coreia do Sul, três dos cinco brasileiros que entraram em ação chegaram às disputas por medalhas. O peso ligeiro Eric Takabatake conquistou o bronze, enquanto Rafaela Silva e Sarah Menezes terminaram em quinto lugar.

Eric começou bem, com vitória por yuko sobre o russo Albert Oguzov. No segundo combate, ele pontuou com um waza-ari e um yuko para superar Kumar Yadav Vijay, da Índia, avançando às quartas-de-final, onde encarou o campeão mundial Boldbaatar Ganbat, da Mongólia, e perdeu por apenas um shido. “Essa foi uma luta chave para mim, porque eu estava bem. Mas, no final, ele aplicou uma sequência de golpes e eu acabei punido”, lembrou Eric.
Na repescagem, o ippon sobre Ilgar Mushkiyev, do Azerbaijão, credenciou Eric para a disputa pelo bronze, onde ele dominou o combate pontuando com um yuko e um waza-ari para vencer Vincent Limare, da França.
“Estou muito feliz com o resultado, por que foi uma competição de nivel bem alto. Me senti bem e consegui soltar meus golpes. Agora tem Tóquio, que provavelmente vai estar com um nível igual ou maior que na Coreia. Mas, essa medalha me trouxe bastante confiança para lutar o Grand Slam”, avaliou Takabatake, já projetando a disputa do Grand Slam de Tóquio, nos dias 4, 5 e 6 de dezembro.
A campeã olímpica Sarah Menezes também chegou à disputa pelo bronze, mas terminou em quinto, depois que Kyeong Bo Jeong, da Coreia do Sul, conseguiu um waza-ari. Antes disso, a brasileira havia vencido Sonjia Wirth (GER), Yu Ting Hung (TPE) e Dilara Lokmanhekim (TUR), caindo apenas na semifinal para a cazaque Otgontsetseg Galbadrakh.
Foi o mesmo desempenho de Rafaela Silva (57kg), que passou por Jaione Equisoain (ESP) na primeira luta, mas caiu para Nekoda Davis (GBR), nas quartas. Na repescagem, ela venceu a brasileira naturalizada israelense, Camila Minakawa, e fez a decisão pela medalha com Chen-Ling Lien (TPE), ficando com a quinta colocação depois de sofrer três punições contra duas da adversária.
Nathália Brígida e Felipe Kitadai também lutaram nesta quinta, mas não avançaram nas chaves. Por apenas um shido, Brígida parou na cubana Dayaris Mestre Alvarez, enquanto Kitadai parou no segundo combate depois de um ippon de Ahmed Abelrahman.
Os próximos brasileiros na competição serão Ketleyn Quadros (63kg) e Barbara Timo (70kg) que lutam no segundo dia. Os combates preliminares começam às 23h (horário de Brasília) desta quinta-feira, com finais a partir das 6h (horário de Brasília) de sexta (27.11). Luciano Corrêa (100kg) e Rafael Buzacarini (100kg) encerram a participação brasileira na Coréia do Sul no sábado (28.11) e domingo (29.11).
Ministério do Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *