Brasil derrota a República Dominicana e mantém a invencibilidade

Copa dos Campeões - Brasil derrota a República DominicanaA seleção brasileira feminina de vôlei segue invicta na Copa dos Campeões. Nesta sexta-feira (15), as brasileiras superaram a República Dominicana por 3 sets a 1 (25/20, 25/15, 22/25 e 25/19), em 1h45 de jogo, no Nagoya Nippongaishi Hall, em Nagoya, no Japão. Foi a terceira vitória das brasileiras na competição. Antes, as atuais campeãs olímpicas bateram Estados Unidos e Tailândia por 3 sets a 0.

Com o resultado, o Brasil manteve a liderança isolada com nove pontos. Na sequência aparecem, em ordem, República Dominicana, Rússia, Japão e Estados Unidos, todos com três. Na lanterna está a Tailândia que ainda não marcou ponto. Ainda nesta sexta-feira, acontecerão dois jogos em Tóquio. Os Estados Unidos jogarão com a Rússia e em seguida será a vez do duelo asiático entre Tailândia e Japão.

O Brasil voltará a quadra neste sábado(16.11) para enfrentar a Rússia. A partida será realizada às 5h10 (horário de Brasília).

No jogo contras as dominicanas, a oposto Sheilla teve grande atuação e foi a maior pontuadora das brasileiras com 20 acertos. As ponteiras Natália e Fê Garay também pontuaram bem com 13 acertos cada. Apesar da derrota, a República Dominicana teve a maior pontuadora do jogo, a atacante Bethania De La Cruz com 21 acertos. A levantadora Fabíola foi eleita a melhor jogadora do confronto.

O treinador José Roberto Guimarães fez uma análise da vitória do Brasil. “Sempre é difícil jogar contra a República Dominicana. Estava preocupado com a Fernanda Garay que está sentindo um pouco as costas. Felizmente ela foi bem e nos ajudou. O importante hoje foi a vitória”, disse José Roberto Guimarães que ainda comentou sobre o duelo deste sábado contra a Rússia.

“Agora vamos pensar na Rússia que será o jogo que todos querem ver. A Rússia tem uma das melhores seleções do mundo. O treinador delas está tentando acertar o sistema de jogo e trouxe a Sokolova de volta. Ela é uma grande jogadora que eu conheço bastante, pois trabalhei com ela por dois anos. A Chaplina também tem se apresentado bem. É um time que tem um padrão de jogo definido e um bloqueio respeitável. Será um jogo muito difícil”, garantiu José Roberto Guimarães.

CBV

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *