Voleibol: Maria Clara e Carol perseguem título em casa

Voleibol Maria Clara e Carol perseguem título em casaElas cresceram na Gávea, atualmente moram no Jardim Botânico, treinam em Ipanema e, nesta SEXTA-FEIRA (18.10), iniciaram nas areias do Leme a disputa da etapa carioca do Circuito Banco do Brasil Open 2013/2014. Mas, para coroar essa declarada paixão e forte identificação de Maria Clara e Carol pelo Rio, elas esperam, pela primeira vez na carreira, conquistar o título na Cidade Maravilhosa, e na Zona Sul que as acolheu por toda vida.

O primeiro passo foi dado com desenvoltura, com uma boa vitória sobre Izabel/Thati (PA/PB) por 2 a 0, parciais de 21/16 e 21/14. À tarde, porém, num dos jogos mais disputados do dia, Maria Clara e Carol acabaram derrotadas no tie break por Lili/Rebecca (ES/CE): 2 a 1, parciais de 21/19, 17/21 e 15/13. Ainda assim, avançaram para as quartas de final, marcadas para começar às 9h deste SÁBADO (19.10).

“Sempre jogamos bem no Rio, mas o título tem escapado. Já chegamos a fazer duas finais aqui, uma delas na temporada passada. Faremos de tudo para vencer nesta edição. Jogar no Rio é especial porque é o único momento no ano que temos a oportunidade de ter a família e os amigos queridos por perto na torcida. É sempre um empurrão a mais. É uma delícia sair da arena e poder ir para casa”, declarou Maria Clara, que começou a treinar na vizinha Copacabana quando resolveu jogar profissionalmente.

Mas é Ipanema o bairro com o qual elas mais se identificam, não tem jeito. Como Maria Clara e Carol mesmo costumam dizer, faz parte da história de ambas. Quando não estão viajando, é lá que sempre se encontram, seja treinando ou apenas curtindo o visual.

“É uma relação muito especial que temos por Ipanema e pelo Rio, uma cidade que faz bem para a alma. Quando estou mal, basta ir à praia, seja para treinar, caminhar, mergulhar ou andar de bicicleta. E o mais marcante aqui, além dos diversos cartões postais, são as pessoas, sempre muito simpáticas e acolhedoras. Por isso que sempre quis ser campeã em casa, para retribuir esse carinho”, afirmou Carol.

Além de Maria Clara/Carol, também se classificaram para as quartas de final do torneio feminino as duplas Talita/Taiana (AL/CE), Ágatha/Bárbara Seixas (PR/RJ), Lili/Rebecca (ES/CE), Juliana/Maria Elisa (CE/PE), Val/Ângela (RJ/DF), Josi/Raquel (SC/RJ) e Elize Maia/Fernanda Berti (ES/RJ).

CBV – Confederação Brasileira de Voleibol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *