Brasil está na final do Mundial Sub-23 Masculino de Vôlei

1 vôlei 1O Brasil enfrenta a Sérvia na disputa pelo título de campeão do Campeonato Mundial Sub-23 Masculino de Vôlei no domingo (13), às 17h30, no Ginásio Sabiazinho. O adversário da seleção verde-amarela foi definido após os donos da casa vencerem a Rússia por 3 sets a 0 neste sábado (12) e chegarem invictos à grande decisão.

“A próxima disputa será difícil, como foi hoje com a Rússia. Foi um jogo bastante difícil, tivemos alguns momentos críticos e que recuperar alguns sets, mas no geral nos portamos bem e isso garantiu a vitória”, disse o técnico brasileiro Rubinho.

O jogo teve a volta do capitão brasileiro Ricardo Lucarelli, que ficou sem disputar três partidas após sentir dores na panturrilha. O melhor jogador em quadra foi o oposto Rafael, que garantiu 12 pontos no placar.

O primeiro set começou com o Brasil abrindo o placar, mas a Rússia não deixou por menos e no primeiro minuto passou à frente. Aos dois minutos os russos abriram uma vantagem de 5 a 1. Para reverter a situação o técnico brasileiro Rubinho pediu um tempo, tentou melhorar o time, mas aos dez minutos o placar ainda era vantajoso para os adversários e marcava 12 a 9. Aos 14 minutos finalmente a vantagem foi invertida e os donos da casa garantiram 15 a 14. Em um set onde qualquer previsão era arriscar um erro, a vitória foi dos brasileiros que venceram por 21 a 16 aos 20 minutos.

O segundo set foi dos empates. A partir dos 14 minutos e do 15º ponto, por vários momentos os dois times ficaram iguais no placar. Cada pontuação à frente de uma equipe logo era igualada pela adversária. Os dois técnicos pediram tempo algumas vezes e tentaram melhorar seu time, mas o brasileiro Rubinho acertou sua equipe e garantiu a vitória brasileira por 22 a 20 aos 22 minutos.

O terceiro set transformou a quadra do Sabiazinho em um campo de batalha. Novamente o placar ficou igual várias vezes e a Rússia passou à frente aos 5 minutos garantindo 9 a 6 sobre os donos da casa. Aos 10 minutos o equipe de Rubinho empatou com 11 a 11, mas os visitantes novamente ficaram à frente até os 16 minutos quando o placar marcou 16 a 16. Com vigor redobrado, os dois times foram à luta e o terceiro set foi o mais disputado se estendendo até os 24 minutos quando o Brasil finalmente venceu por 25 a 23.

Desta forma o Brasil chega invicto à final após derrotar as seleções da República Dominicana, da Argentina, do Egito, da Bulgária e da Rússia.

“O Brasil precisava vencer e nunca tive dúvidas que isso ia acontecer”, garantiu o cabeleireiro Carlos Batista no meio da torcida que animou os jogadores brasileiros durante toda a partida.

Os torcedores podem adquirir os ingressos para as próximas partidas na bilheteria do Sabiazinho, das 8h, às 22h, enquanto houver disponibilidade.

Secom PMU

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *