Programa de esporte amplia atendimento para 6 milhões de alunos

O programa visa democratizar o acesso dos jovens à prática e à cultura do esporte nas áreas de vulnerabilidade social

O programa visa democratizar o acesso dos jovens à prática e à cultura do esporte nas áreas de vulnerabilidade social

O Programa Segundo Tempo, do Ministério do Esporte, foi ampliado para mais 32 mil escolas da rede pública de ensino municipal e estadual do País, que participam do Mais Educação desde o ano passado, poderão desenvolver o programa de inclusão social através do esporte.

De acordo com o secretário nacional de Esporte, Educação, Lazer e Inclusão Social (Snelis) do Ministério do Esporte, Vicente Neto, a possibilidade de participação em grande escala permitirá a ampliação do atendimento para mais de seis milhões de alunos.

“O Ministério da Educação vai apoiar o Ministério do Esporte nos investimentos necessários para essa ação, como, por exemplo, complementando recursos para o fornecimento de kits de materiais esportivos para escolas que ultrapassarem o limite orçamentário de nossa pasta”, afirma o secretário.

A parceria interministerial entre o Segundo Tempo e o Mais Educação iniciou suas atividades em 2010 como projeto piloto, beneficiando quase 400 mil estudantes, distribuídos em cerca de mil escolas. No ano passado, a ação alcançou a casa de sete mil unidades de ensino, garantindo atendimento a mais de 1,5 milhão de alunos.

A proposta de esporte na escola supera o modelo de modalidade única, oferecendo aos alunos a oportunidade de múltiplas vivências esportivas, tendo como base o atletismo.

Portal Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *