Cinco da mesma família são atropelados na BR-262 e 3 morrem

Previous Image
Next Image

info heading

info content


 

Três pessoas da mesma família morreram e duas ficaram em estado grave após serem atropeladas no km 800 da BR-262, próximo a Uberaba, no Triângulo Mineiro. As vítimas que morreram são dois adultos e uma criança de nove anos. Outras duas crianças, de 5 e 8 anos, sofreram ferimentos graves e seguem internadas.

O acidente foi na noite de sábado, 30 de julho, em frente ao residencial Jardim Anatê. A família atravessava a rodovia por volta de 23h20, quando um táxi os atingiu em cheio. O condutor, de 21 anos, seguia com uma cliente sentido ao Bairro Residencial 2000/Coopervale.

Segundo populares, com medo de ser linchado, o taxista fugiu do local e ficou de se apresentar nesta segunda-feira, 1º de agosto, à Polícia Civil.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou que morreram no local o servidor geral Gilberto de Oliveira Rosa, 49 anos, e a estudante Larissa Martins dos Santos Souza, de 9. A dona de casa Elaine Beatriz Ferreira, 50 anos, e seus dois netos, de 5 e 8 anos (irmãos), foram socorridos e levados até o pronto-socorro do Hospital de Clínicas da UFTM. A dona de casa morreu.

Uma delas corre risco de morte. O taxista e sua passageira nada sofreram.

A Polícia Civil deve instaurar inquérito policial nesta manhã para apurar as causas do acidente.

Manifestação. Um grupo de moradores do Jardim Anatê realizou manifestação na noite de ontem, pedindo às autoridades que providenciem uma passarela para pedestres e iluminação no local, onde, de acordo com eles, vem sendo registrado maior índice de acidentes.

Informações do site JM Online

3 respostas a Cinco da mesma família são atropelados na BR-262 e 3 morrem

  1. Sandra Barbosa disse:

    Que tristeza é lamentável, Os taxistas aqui de Uberaba acha que é piloto de fórmula 1 deveria diminuir a velocidade, as cooperativas de Táxi deveriam fazer uma reunião com os taxistas e definir a velocidade que Eles deve manter não passar de 60 km por hora para preservar vidas porque a velocidade do incompetente é a mesma que mata o inocente

  2. MESSIAS FILHO DA ELAINE BEATRIZ FERREIRA disse:

    Perdi ninha família o taxista solto e eu com a dor de não ter mais minha família e foda UBERABA ATÉ QUANDO BRASIL

  3. Minha família se foi neste acidente e nada foi feito parabéns UBERABA, continua assim. Quem sofre e quem perdi

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *