Mulher é sequestrada em assentamento e assassinada na BR-050

Homicídio 44

Foto: Raphael Oliveira Davi

Uma mulher foi sequestrada e morta nesta madrugada de domingo, 9 de março, em Uberlândia. Por volta de 1h da madrugada, cinco homens invadiram o barraco onde Jéssica Queiroz da Silva, de 22 anos, morava, no Assentamento do Glória, e a levaram a força em um veículo ainda não identificado.

Foto: Ronivon Santos

Foto: Ronivon Santos

De acordo com informações da Polícia Militar (PM), a vítima teria se envolvido em uma discussão num bar, o que pode ter motivado o crime.

Silva foi morta a tiros e seu corpo encontrado por volta de 9h na ponte da BR-050 sobre o rio Uberabinha, no sentido Uberaba/Uberlândia, com várias perfurações de tiros.

A Polícia Militar (PM) foi acionada pela mãe de uma criança de 9 anos, que teria visto os autores levando a jovem arrastada. A perícia foi acionada.

Homicídio 44 4

Foto: Rafael Oliveira Davi

Ainda segundo a PM, Jéssica Queiroz Silva era suspeita de ter envolvimento com o tráfico de drogas, mas a princípio não se sabe sobre passagens pelo sistema Copom.

A polícia afirmou à nossa reportagem que já tem suspeitos para este crime, mas os nomes não serão divulgados a princípio.

Uberlândia já contabiliza 44 homicídios em 2014.

7 respostas a Mulher é sequestrada em assentamento e assassinada na BR-050

  1. flavio lucio aparecido vinho disse:

    acho que a policia deveria acompanhar mais de perto a situação desse assentamento pois anda perigoso lá principalmente para os moradores dos bairros vizinhos

  2. jose eduardo brandao disse:

    na realidade esse assentamento e uma bagunça trafico de drogas e muito roubos na cidade saem dali porem o sr vereador marquinho do megabox mantem aquilo ali por que o marron e funcionario entre ora se o shopping park e ruim e aquilo ali que nem esgoto e asfalto tem ai o megabox fala mal do attie mais voce e pior

  3. Ilda disse:

    Meu amigo_José. eduardo eu moro aq no assentamento gloria e aq não tem so bandido e traficante nao vc nao conheçe e muito feio um fldpt usar uma trajedia dessa pra falar de politica no centro também. tem bandido. eu to na fila de casas ja faz cinco anos e ai seu pucha saco

  4. thiago lucena disse:

    primeiramente quero cumprimentar a todos que estão
    lendo este comentário,e quero dizer para o Sr. Jose E.Brandão que ha pessoas com desvio de conduta em toda classe social, não é porque moramos em um assentamento que somos tos bandidos,em qualquer lugar,inclusive no centro e bairros de lucho existe pessoas com desvio de conduta.
    NÃO AO PRECONCEITO
    EM ASSENTAMENTO TAMBÉM EXISTE PESSOAS BOAS E HONESTAS

  5. Isaac Martiniano de souza disse:

    concordo com vc Thiago em todos lugares vcs vao ver pessoas boas e ruins.

  6. Marcos Roberto disse:

    olá pessoal tudo bem, moro no assentamento e aqui tem pessoas honesta e trabalhadoras nota nos comentários tem lixo por toda parte e falta de infraestrutura , estamos aguardando alguém para fazer algo por nos em-prol de melhorias no mais novo bairro de Uberlândia eu acredito q um dia será um bairro igual aos outros como o são Jorge o Martins o Morumbi e até mesmo o centro da cidade. e agradeço a todos q estão contribuindo com esse sonho abraço a todos

  7. Andressa disse:

    Olá, eu moro no assentamento e como em qualquer lugar tem sim bandidagem, mais aqui está de mais, tenho crianças em casa e fico preocupada com a situação aqui, acho que o preconceito é gigante em qualquer lugar do mundo e isso eu não aprovo, mas acho que deveriam logo resolver esse empate, pq pra mim ou tira logo ou regulariza pq independente da forma que nós entramos aqui no (bairro) devemos ser respeitados sim como humanos, pessoas carentes que tem necessidade de ter uma moradia decente, com policiamento e cuidados básicos, não merecemos ser descriminados só por morarmos de forma contraria, mas a injustiça e desigualdade existentes no nosso país faz com que mais assentamentos apareçam e criem proporções iguais e até maiores a essa. As pessoas de má índole usam sim bairros não pavimentados para fazer algazarras o que é totalmente inadmissível e não aprovado sem duvidas. Então acho que o que falta pra dar tudo certo é uma decisão mais apressada possível, para não dar mais confusão, pq em um bairro pavimentado e organizado com luz de poste nas ruas acredito diminuir valorosamente este problema que paira nossas vidas aqui no Bairro Élisson Pietro!!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *