Uberlândia vence Tijuca por 73 a 59 e se recupera no NBB

Henrique Coelho, do Uberlândia

Henrique Coelho, do Uberlândia

Com o placar desfavorável na série, os mineiros vieram com tudo para cima do Tijuca. Logo nos primeiros minutos, o Uberlândia tentou impor o ritmo da partida e assumiu a liderança do placar, 11 a 4. O pivô Cipolini e o ala Robert Day comandaram o ataque da equipe da casa, que venceu o primeiro quarto por 18 a 10.

Apesar do bom início do adversário, os cariocas não se intimidaram e, aos poucos, foram equilibrando o jogo. Os cariocas pressionaram na defesa e seguraram o ataque de Uberlândia, que, nos primeiros seis minutos do segundo período, anotaram apenas quatro pontos (22 a 20). Porém, após o tempo pedido pelo novo técnico da equipe Rodrigo Silva, o Uberlândia voltou melhor para quadra e recuperou a vantagem antes do intervalo (36 a 25).

Os cariocas voltaram com muito empenho no segundo tempo. O técnico Miguel Ângelo da Luz pôs o ala Fernando Mineiro em quadra e ele liderou a equipe carioca com 11 pontos no período, que deixaram a diferença para apenas dois pontos (48 a 46).

O time visitante continuou pressionando os mineiros no quarto decisivo e, com menos de cinco minutos para o final, a vantagem era apenas de um ponto (56 a 55). Mas com uma sequência de 15 pontos consecutivos, sendo três bolas de fora, o Uberlândia abriu 71 a 55 no marcador, situação que deu total tranquilidade para os mandantes fecharem a partida com a vitória.

“Playoffs é assim, temos que pensar passo a passo. Demos nosso primeiro passo hoje e agora vamos focar no próximo jogo na sexta para tentar fechar a série no Rio de Janeiro na quarta partida”, afirmou o pivô do Uberlândia, Estevam.

Uberlândia volta a enfrentar o Tijuca nesta sexta-feira, às 19h, no Ginásio da UTC, pelo Jogo 3 das oitavas de final do NBB.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *