Prodaub testa Diário Eletrônico em cinco escolas municipais

Prefeitura de Uberlândia A empresa de Processamento de Dados da Prefeitura de Uberlândia (Prodaub) desenvolveu software para atender demanda da Secretaria Municipal de Educação. O Diário Eletrônico veio para facilitar a vida da comunidade escolar do município. O programa foi trabalhado por seis meses até o ponto de implantação. Por enquanto, o software foi implantado em cinco das 117 instituições de ensino, mas o projeto vai contemplar as demais gradativamente, envolvendo mais de quatro mil professores.

O Diário Eletrônico foi desenvolvido em quatro módulos de acesso. O professor será responsável pelo lançamento de notas e freqüência dos alunos, além do cronograma e do planejamento das aulas. Os diretores serão responsáveis pela emissão de relatórios. E outro acesso importante do sistema será o acompanhamento dos pais dos alunos, sobre o desenvolvimento acadêmico dos filhos. Por último, a impressão do Diário também será feita para que, como documento, seja assinado.

De acordo com o coordenador da Tecnologia de Informação (TI) da Prodaub, Rúser Alves de Almeida, o manuseio do Diário Eletrônico é tranqüilo. “Estamos em fase de testes e treinamento do sistema operacional, a usabilidade e navegação são muito simples e tanto os professores, como o corpo escolar não terão dificuldades de utilizar a nova ferramenta”, disse.

Para o diretor da autarquia, Placidino Stabile de Oliveira, esta ferramenta vai inovar todo o sistema público de educação do município. “Este é um anseio da Administração desde o início para viabilizar o contato mais direto e contínuo da comunidade escolar. Estamos seguindo o conceito de cidade educadora para que todos os interessados se envolvam de forma ampla na vida escolar. Pais, educadores, direção, todos nessa interatividade que visa contribuir com o crescimento do aluno”, explicou.

A expectativa é que até o fim do primeiro semestre todo o sistema de testes esteja concluído e preparado para o pleno funcionamento.

Nesta primeira etapa, as cinco escolas municipais escolhidas como piloto são:

1.    E.M. Emílio Ribas (Rural)

2.    EMEI do bairro Luizote de Freitas

3.    E.M. Dr. Gladsen Guerra de Rezende

4.    E.M. Prof. Otávio Batista Coelho Filho

5.    E.M. Prof. Leôncio do Carmo Chaves

Prefeitura de Uberlândia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *