Carnês do IPTU serão entregues no próximo mês

Os proprietários de imóveis em Uberlândia receberão no próximo mês os carnês do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU). Neste ano, o imposto sofrerá um reajuste de 6%, calculado de acordo com o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) e tendo como base a inflação acumulada. Segundo o assessor da Secretaria Municipal de Finanças, Carlos Diniz, Uberlândia possui hoje 256.355 imóveis registrados, sendo 60.881 terrenos e 195.474 com edificações construídas, o que proporcionará uma arrecadação de quase R$ 74 milhões, caso todos os contribuintes efetuem os pagamentos.

Os pagamentos à vista, até o dia 10 de abril, terão desconto de 10% no valor. Após esta data, o pagamento à vista, mas sem desconto, poderá ser realizado até o dia 30 de abril, conforme publicado no Diário Oficial do Município, Edição Especial nº 4100A, de 26 de fevereiro de 2013.

De acordo com o documento, o pagamento do imposto também poderá ser parcelado em até seis vezes, desde que o valor seja superior a R$ 54,06. A primeira parcela deve ser paga até o dia 10 de abril e o restante, no dia 10 dos meses subseqüentes. Os contribuintes que possuem débito do IPTU de anos anteriores poderão efetuar o pagamento de 2013.

Os contribuintes com dívidas anteriores poderão negociar seus débitos na Plataforma de Atendimento, no Centro Administrativo da Prefeitura, na avenida Anselmo Alves dos Santos, número 600, bairro Santa Mônica. Nesta mesma plataforma também é possível solicitar a segunda via do carnê do IPTU 2013, caso o proprietário do imóvel não tenha recebido o carnê via correspondência.

Segundo o assessor da Secretaria Municipal de Finanças, Carlos Diniz, os proprietários de imóveis isentos do pagamento do IPTU receberão em março a “Carta de Isenção”. Já os contribuintes que discordarem ou acreditarem que tem direito a isenção deverão protocolar na Prefeitura, até 10 de maio de 2013, os documentos que comprovam sua necessidade. Os documentos serão analisados por uma equipe jurídica e posteriormente o município comunicará a decisão.

Outra opção que será disponibilizada também a partir do próximo mês é a impressão do boleto por meio do Portal da Prefeitura. Com o número do CPF ou CNPJ do proprietário do imóvel é possível acessar o Portal e fazer a impressão dos boletos para o pagamento. Em caso de imóvel alugado, normalmente, o carnê vai para as imobiliárias para que os proprietários ou inquilinos (conforme previsto no contrato de locação do imóvel) efetuem os pagamentos.

Secom PMU

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *