Óculos escuros: mais que moda é proteção

 

 O principal perigo é a radiação ultravioleta (UV)

O principal perigo é a radiação ultravioleta (UV)

Estar na moda não é somente acompanhar as tendências do vestuário. Os acessórios também fazem parte do charme e um deles são os óculos escuros que possuem vários formatos, tamanhos, modelos e preços. Mas muito além da moda, os óculos escuros são feitos para protegerem os olhos dos raios ultravioletas do sol. E é aí que mora o perigo. Muitas pessoas, para estarem na moda da tv, das revistas e dos artistas, economizam na hora da compra dos óculos escuros e acabam optando por versões mais baratas e até falsificadas que não protegem os olhos. O que muitas pessoas até sabem, mas não se importam são com os problemas que as lentes desses óculos podem causar na visão. Recentemente, um caso de uso de óculos baratos foi destaque na mídia. Uma garota de 17 anos comprou os óculos de sol por R$ 2,50 e teve uma reação alérgica que a deixou com os olhos e rosto deformados.

Para o oftalmologista Marcelo Campos, do HCO, o principal perigo é a radiação ultravioleta (UV), raios invisíveis da energia solar que também são produzidos por fontes artificiais. “Quando se usa óculos escuros, a pupila dilata, é o que acontece quando estamos em um ambiente escuro ou quando anoitece. Se os óculos escuros não possuem proteção contra os raios ultravioletas há o aumento da penetração dos raios UV, o que pode causar ceratite, que é uma queimadura na córnea que pode gerar sintomas de dor e irritação, além aumentar  as chances de se desencadear  catarata, pterígio (o crescimento de uma membrana sobre a córnea e que pode distorcer ou cobrir a visão), e degeneração da retina”, explica.

O médico ainda afirma que é preferível não usar óculos a usar o acessório sem proteção UV. “É imprescindível que os óculos escuros tenham lentes de qualidade. Além da proteção mecânica, os óculos com proteção UV filtram os raios nocivos protegendo o cristalino e a retina”, finaliza.

Fonte: Iolanda Carneiro/Serifa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *