Anuar Arantes, atual prefeito de Prata, é suspeito de infidelidade partidária

Anuar Arantes pode perder o mandado mesmo se for reeleito.

Anuar Arantes pode perder o mandado mesmo se for reeleito.

O Ministério Público de Prata entrou com uma ação contra o atual prefeito da cidade, Anuar Arantes Amui, por suspeita de infidelidade partidária.

A ação está sendo representada pelo promotor eleitoral da cidade, Felipe Augusto de Moura Abreu, que entrou com pedido de impugnação à candidatura do atual prefeito. Segundo o Ministério Público de Prata a denúncia constitui infidelidade partidária, pois Amui teria se desfiliado do Partido Democrático Trabalhista (PDT) para migrar ao Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB).

O art. 22 da lei 9.096 prevê que um candidato eleito em um partido não pode se desfiliar a ele sem que haja uma justa causa para mudança.

Agora o Ministério Público aguarda o parecer da juíza eleitoral, que sairá nesta sexta-feira, 19, para saber como será encaminhado o processo de Anuar, que pode perder o mandado mesmo se for reeleito.

Informações por André Potim

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *