Estelionatários fazem vítimas em Patos de Minas

Imagem: divulgação

Imagem: divulgação

A Polícia Militar registrou duas ocorrências de estelionatários em Patos de Minas nesta semana. A primeira vítima entregou o cartão do INSS e a senha a um homem que fingiu ser funcionário do Banco Mercantil do Brasil. No segundo caso, mãe e filha transferiram dinheiro a um homem que se passou por sobrinho das duas.

A primeira ocorrência ocorreu por volta das 16h na terça-feira (27/01), quando uma mulher recebeu em sua casa um homem que dizia ser funcionário do Banco Mercantil do Brasil. Ele solicitou o cartão de benefício do INSS, do qual ela entregou juntamente com a senha. Só depois que o homem foi embora é que a vítima desconfiou da situação e acionou a Polícia Militar.

A vítima registrou um boletim de ocorrência e no dia seguinte (28/01), entrou em contato com a agência bancária. Um funcionário informou à vítima que um empréstimo no valor de oito mil reais havia sido realizado em sua conta. Ela alegou não ter efetuado a operação e foi orientada pelo banco sobre as providências a serem tomadas.

Na segunda ocorrência registrada pela PM, mãe e filha foram vítimas de um estelionato via telefone na manhã de quinta-feira (29/01). Um homem ligou para uma mulher de 39 anos e identificou-se como “Marquinho”, sobrinho da vítima. O estelionatário alegou estar com o caminhão estragado a 80km de Patos de Minas e solicitou a quantia de 1500 reais para efetuar o conserto do veículo.

Ele passou os dados de uma empresa e informou que a mesma não aceita cheque e nem cartão de crédito. Ela afirmou não possuir dinheiro e o homem deixou o telefone de contato de Emerson Barbosa Silva, alegando se tratar do contato da empresa. A mulher passou o telefone da própria mãe, de 61 anos, e o homem entrou em contato com a senhora.

O homem também tratou como tia e contou-lhe novamente a respeito do acidente com o caminhão. Desta vez ele solicitou a quantia de 500 reais e pediu que a senhora pusesse créditos em seu telefone celular. A idosa transferiu o dinheiro para a conta de Emerson. Depois do ocorrido ela entrou em contato com o sobrinho e descobriu que se tratava de um golpe. Mãe e filha entraram em contato com a Polícia Militar para registrarem um boletim de ocorrência.

Fonte: Patos Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *