PF mapeia pistas de pouso clandestinas no Pontal e Triângulo Mineiro

Em dois anos, três aeronaves ligadas ao narcotráfico cairam na região

Em dois anos, três aeronaves ligadas ao narcotráfico cairam na região

Polícia Federal (PF) e Aeronáutica passaram a mapear a região do Pontal e Triângulo Mineiro após a queda de mais uma aeronave envolvida com o narcotráfico na região. Foi a terceira vez em menos de dois anos que ocorre um incidente dessa natureza.

O capitão da PM, Moacir Silveira, acredita que a localização geográfica da região contribua para que seja considerada rota do tráfico internacional. “A gente sabe que o Triângulo sempre foi considerado um dos pontos de tráfico de drogas, pela posição geográfica da região e proximidade com os grandes centros”, afirmou.

Segundo a PF, um levantamento da localização e quantidade de pistas de pouso clandestinas também ajudará no combate ao narcotráfico internacional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *