Servidores do Hemocentro e TJMG de Uberlândia aderiram ao Dia Nacional de Paralisação contra o governo

Servidores Públicos Hemocentro

Servidores Públicos Hemocentro

Servidores públicos do Hemocentro em Uberlândia realizaram uma manifestação na manhã desta quinta-feira, 22, em apoio ao Dia Nacional de Paralisação, que está acontecendo por causa de atraso de salários e algumas medidas tomadas pelo governo Michel Temer.

Os servidores protestam contra a reforma proposta pelo Presidente Temer tendo como mentor Henrique Meireles, ex-presidente do Banco Central, com o projeto PEC 241 /2016, Proposta de Emenda à Constituição, cujo objetivo é de instituir um novo regime fiscal para o país: “o novo teto para gasto público”.

“A longo prazo isso vai congelar os concursos públicos, as contratações, os investimentos em serviços sociais de segurança, saúde, saneamento básico e educação. Estamos aqui em apoio a todos os servidores do Brasil, repudiando essa PEC que atrasa nossos salários, e novos investimentos a todo país”, afirma  servidor público.

TJMG Uberlândia

Servidores do Judiciário

Servidores do Judiciário

Os servidores Judiciários do estado também aderiram ao Dia Nacional de Paralisação em Frente ao Fórum de Uberlândia, protestando contra a PEC. A oficial de Apoio do Tribunal de Justiça de Uberlândia Elize Gonçalves relata que essa lei, se aprovada, vai sucatear o serviço público no Brasil.

“A proposta é terceirizar vários cargos públicos, congelar salários, não haver promoção na carreira, e ainda não ter  reajuste inflacionário caso esbarre no teto limite máximo de gasto do estado”, afirma.

Elize ainda diz que quem vai pagar o preço é a  população, que vai ser afetada no serviço público.”Nós servidores vamos ser prejudicados em redução na qualidade de trabalho e no nosso rendimento“, afirma.

O serviço judiciário foi paralisado nesta quinta-feira, 22, em 60%, com atendimentos apenas em casos urgentes, com 40% dos servidores.

Por Vinicius Lemos:

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *