Atual prefeito de Centralina é suspeito de corrupção e afastado do cargo

(Imagem: Kevson Martins / TV Vitoriosa)

(Imagem: Kevson Martins / TV Vitoriosa)

Ação do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) requere suspensão de Elson Martins de Medeiros do cargo de atual prefeito de Centralina.

O atual prefeito de Centralina está sendo denunciado, junto com outros nove vereadores da cidade. Eles são suspeitos de corrupção ativa e passiva, desvio de dinheiro público e uso de documentação falsa, que tem como objetivo obter vantagens indevidas.

A irmã do prefeito, Sônia Martins Medeiros, também foi incluída nas denúncias. Ela é vereadora da cidade e foi a única que não renunciou ao cargo após a ação do Ministério Público Estadual.

Segundo a assessoria do MPMG, foi instaurado o procedimento investigatório criminal para apurar fatos ilícitos envolvendo pagamento de propina a vereadores locais. O intuito era garantir a aprovação da Lei Orçamentária nos moldes pretendidos pelo prefeito.

A prefeitura de Prata já está sendo investigada pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) desde janeiro de 2016.

O advogado de defesa disse que o prefeito não vai falar sobre o assunto, mas estão tranquilos diante dos fatos.

Informações por André Potim

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *