Governo estuda medidas para reduzir gastos com alugueis

Construção de novo centro administrativo poderá gerar economia e melhorar a logística da administração federal. (Imagem: Divulgação/EBC)

Construção de novo centro administrativo poderá gerar economia e melhorar a logística da administração federal. (Imagem: Divulgação/EBC)

O Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (MP) e a Superintendência do Desenvolvimento do Centro-Oeste (Sudeco) assinaram, na sexta-feira (15), um protocolo de intenções para a realização de estudos de viabilidade técnica e econômica para a construção de um novo centro administrativo para o governo federal na região central de Brasília, no Setor de Autarquias Norte.

O novo centro poderá ter até 22 mil metros quadrados e parte da área deverá ser utilizada para a edificação de uma nova sede da Sudeco. De acordo com o secretário do Patrimônio da União do MP, Guilherme Estrada Rodrigues, o objetivo é reduzir o gasto público com aluguel de imóveis, melhorar a logística da administração federal e a qualidade do local de trabalho.

“Diferentes estudos estão em andamento para diminuir a despesa com aluguel e acreditamos que um novo centro administrativo pode ser parte da solução”, afirmou Rodrigues.

O plano de trabalho estabelecido entre os dois órgãos prevê o lançamento de Proposta de Manifestação de Interesse (PMI) ao mercado, com o objetivo de definir a concepção do projeto e a modelagem econômica e administrativa. A previsão é que a contratação do empreendimento seja realizada em 2017.

Portal Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *