Movimentos sociais e sindicatos protestam em Fortaleza contra governo Temer

Os manifestantes caminharam por 2,5 quilômetros pelas principais avenidas de Fortaleza

Os manifestantes caminharam por 2,5 quilômetros pelas principais avenidas de Fortaleza

Movimentos sociais e entidades sindicais realizaram hoje (10) à tarde uma passeata em Fortaleza para reafirmar posição contrária ao governo interino de Michel Temer. Faixas com as frases “Fora Temer” e “Volta Dilma” eram as mais vistas entre os participantes.

A caminhada saiu da Praça Luíza Távora e percorreu cerca de 2,5 quilômetros pelas avenidas Santos Dumont e Desembargador Moreira em direção à Praça da Imprensa, no bairro Aldeota, área nobre da cidade. Além das faixas, havia um boneco gigante com o rosto de Temer, que teve os braços atados com cordas.

“Não reconhecemos esse governo golpista, que não tem o apoio popular e que seus ministros mostram a que veio. Nosso objetivo é derrubar esse governo e fazer com que Dilma volte, porque ela foi eleita pela maioria do povo brasileiro. No entanto, não vamos aceitar que ela governe com as pautas do capital internacional e do conservadorismo”, disse Roberto Oliveira, da coordenação do Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB).

O coordenador das Organizações dos Povos Indígenas do Ceará, Weibe Tapeba, denunciou perdas de direitos sociais ocasionadas pelas decisões do governo interino.

“Programas importantes, como o Programa Nacional de Habitação Rural, foi suspenso e fomos pegos de surpresa. Vários programas relacionados à saúde e educação indígena estão ameaçados e há um movimento contrário à demarcação de terras indígenas, que é nossa prioridade”, concluiu Tapeba.

Agência Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *