Julgamento do recurso de Pimentel é adiado pelo TRE

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MG) adiou, nesta quinta-feira (25), para o dia 28 de julho, o julgamento do mandado de segurança impetrado pela defesa do governador Fernando Pimentel (PT) que pedia a suspensão da Ação de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE) proposta pelo Ministério Público Eleitoral (MPE).

A apuração solicitada pela promotoria tem o objetivo de investigar os motivos que levaram a desaprovação das contas de campanha do petista, que superou os gastos estimados em R$ 10 milhões.

De acordo com o TRE-MG, o juiz Virgílio Barreto pediu vista para o mandado de segurança.
O tribunal ainda adiou para dia 13 de agosto, o julgamento do pedido de cassação do deputado estadual missionário Santiago (PTB), impetrado pelo suplente Marques Batista de Abreu (PTB). A legação de Marques é que Santiago participou de em um evento religioso às vésperas da eleição de 2014.

Fonte: O Tempo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *