Pizzolato tentará recurso contra extradição

A defesa do ex-diretor de Marketing do Banco do Brasil Henrique Pizzolato deve apresentar um recurso à Justiça da Itália para tentar impedir sua extradição ao Brasil.

De acordo com a imprensa brasileira, os advogados de Pizzolato já teriam preparado o recurso, que pode ser entregue ainda nesta semana ao Tribunal Administrativo de Roma. Eles irão oferecer que o brasileiro cumpra sua pena na Itália, possibilidade prevista em um tratado bilateral de extradição.

Condenado a 12 anos e sete meses de prisão, Pizzolato fugiu para a Itália no meio do escândalo do mensalão, que é um dos maiores casos de corrupção na política brasileira. Apesar de ter cidadania italiana, ele usou documentos falsos e acabou sendo preso na Itália.
No dia 24 de abril, o ministro da Justiça italiano, Andrea Orlando, deu um parecer favorável à extradição do ex-diretor. A decisão veio de encontro ao veredicto da Corte de Cassação de Roma, em fevereiro, que reverteu uma decisão do Tribunal de Bolonha e autorizou a extradição.

Na primeira sentença, a vinda do ex-diretor ao país tinha sido negada sob argumento de que os presídios brasileiros não têm condições de manter a integridade física de Pizzolato.

Fonte: Ansa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *