Ministro da Integração já está no município de Xanxerê para prestar apoio

Foto: Janaína Mônego/SDR Xanxerê

Foto: Janaína Mônego/SDR Xanxerê

O ministro da Integração, Gilberto Occhi, já se encontra no município de Xanxerê, em Santa Catarina, que foi atingido por um tornado. A pasta mobilizou tropa do Exército para ajudar na remoção dos escombros e na limpeza da cidade e mantém contato com defesa civil local para levantamento dos estragos.

Ontem pela manhã, a presidenta Dilma Rousseff conversou com o governador de Santa Catarina, Raimundo Colombo (PSD), sobre as condições da região atingida pelo tornado no estado. A presidenta determinou a imediata mobilização do governo federal.

O Ministério do Trabalho e Emprego e o da Integração já estão trabalhando para apoiar às famílias atingidas no município. A Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil (Sedec) já mobilizou uma tropa com 100 homens do Exército para ajudar na remoção dos escombros e limpeza da cidade.

Os moradores estão recebendo rolos de lonas, 570 kits de acomodação, 630 colchões e 300 cestas básicas. Além disso, prefeitura do município de Jaraguá do Sul, enviou colchões e cobertores para ajudar as vítimas.

Números

Dados atualizados pela Defesa Civil de Santa Catarina mostram que pelo menos 10 mil pessoas foram afetadas pelo tornado que atingiu o município.

Mais de mil pessoas estão desabrigadas e um balanço preliminar informa que 2,6 mil imóveis foram afetados. A Defesa Civil divulgou também que mais de 300 pessoas receberam atendimentos médicos e 120 foram hospitalizadas.

Fundo de Garantia para apoio às vítimas

O Ministério do Trabalho e Emprego prestará apoio a população atingida pelo tornado. O ministro Manoel Dias garantiu a liberação do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) para as famílias atingidas.

Segundo o titular da pasta, os procedimentos junto ao fundo terão início nesta quarta-feira (22) para que as famílias tenham condições de dispor de algum recurso para reconstruírem o que foi destruído o mais rápido possível.

“O FGTS já foi liberado em outros casos. Vamos tomar todas as providências para que os recursos cheguem até as pessoas que tiveram suas casas destruídas”, argumentou.

O processo de liberação do FGTS inclui a decretação de estado de calamidade pública pelo município, o que deve ser providenciado pelo prefeito.

Serviço

O Ministério do Trabalho ainda vai disponibilizar no município um ônibus de atendimento itinerante para atendimento trabalhista, como emissão de carteira profissional, FGTS, entre outros serviços.

 Fonte: Portal Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *