Estados Unidos facilitarão viagens para Cuba a partir de amanhã

Imagem: EBC

Imagem: EBC

O Departamento do Tesouro norte-americano anunciou hoje (15) que algumas das restrições à Cuba serão aliviadas a partir de amanhã (16), como parte do processo de normalização das relações entre Havana e Washington. Inicialmente, os Estados Unidos facilitarão as viagens para ilha e aliviarão as limitações comerciais, principalmente transferências de remessas dos emigrantes cubanos.

“O anúncio de hoje nos coloca um passo mais próximo de substituir políticas que não estavam funcionando e de colocar em prática uma política que ajude a promover a liberdade política e econômica do povo cubano”, afirmou Jacob Lew, secretário do Tesouro norte-americano.

As medidas avançam mesmo que o embargo econômico dos Estados Unidos contra Cuba, decretado em 1962, continue em vigor, uma vez que só pode ser revogado pelo Congresso norte-americano, atualmente dominado pelo Partido Republicano.

Os presidentes Barack Obama e Raúl Castro anunciaram, no dia 17 de dezembro, que os dois países iniciariam um processo de normalização das relações diplomáticas.

Estados Unidos e Cuba, separados pelos 150 quilômetros do Estreito da Flórida, não têm relações diplomáticas oficiais desde 1961.

O embargo econômico, comercial e financeiro contra Cuba foi imposto em 1962, depois do fracasso da invasão da ilha para tentar derrubar o regime de Fidel Castro, em 1961. A invasão ficou conhecida como o episódio da Baía dos Porcos.

As primeiras conversas diplomáticas oficiais estão agendadas para os próximos dias 21 e 22 de janeiro, em Havana. Os dois países devem discutir, entre outros aspectos, a abertura de embaixadas.

Fonte: EBC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *