Ministra elogia modelo de recuperação da Mata Atlântica no RJ

wallpaper_uipi_noticiasA ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, disse nessa quarta-feira (14), na posse do novo secretário estadual do Ambiente, André Corrêa, que o Rio de Janeiro tem uma política bem sucedida de recuperação da Mata Atlântica.

Ela adiantou a ideia, já acordada com o secretário, de discutir a questão de desmatamento zero na Mata Atlântica.

Segundo a ministra, as políticas públicas devem ser direcionadas para a melhoria da qualidade de vida e da qualidade ambiental de cada cidadão, já que aproximadamente 80% dos brasileiros vivem nas cidades. Em 2030, a expectativa é que esse percentual suba para 93% na América Latina.

“Se você quer falar de desenvolvimento sustentável, de engajamento em pautas ambientais que dialogam com o clima, da recomposição da Mata Atlântica, terá que falar de cidades. Terá que falar de produção de água, de recuperação de mananciais, fazendo com que essas questões dialoguem com a qualidade de vida de cada cidadão do estado do Rio de Janeiro”, destacou a ministra.

Izabella Teixeira citou, ainda, a importância dos parques nacionais e estaduais.

“Temos que evoluir neste debate de modelo de gestão de áreas protegidas e urbanas, porque hoje vejo que todas as pessoas querem áreas verdes no seu bairro, e os prefeitos querem isso, e estão recuperando a qualidade ambiental das cidades”.

Segundo ela, o ministério quer efetivar uma política ambiental que dialogue no dia a dia com a população, englobando desde poluição sonora até mobilidade urbana.

“Tem que ter informação transparente, tem que ter espaço para os órgãos ambientais trabalharem com a informação ambiental para a tomada de decisões das políticas públicas em torno das cidades”, indicou.

Fonte: Portal Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *