Prêmios Nobel cancelam cúpula após veto a Dalai Lama

Dalai Lama foi Prêmio Nobel da Paz em 1989 (foto: EPA)

Dalai Lama foi Prêmio Nobel da Paz em 1989 (foto: EPA)

A 14ª Cúpula de Prêmios Nobel da Paz foi cancelada após os participantes se rebelarem contra a decisão do governo da África do Sul de negar visto de entrada ao líder espiritual tibetano Dalai Lama. O evento estava marcado para ocorrer entre os dias 13 e 15 de outubro, na Cidade do Cabo.

“Os participantes decidiram cancelar a presença no encontro para protestar contra a decisão”, informaram as autoridades locais. Por sua vez, a prefeita de Cidade do Cabo, Patricia De Lille, opositora ao governo, disse estar “irritada e desiludida” com a situação.

Esta é a terceira vez que Dalai Lama, acusado pela China por incitar a independência no Tibete, é considerado “persona non grata” na África do Sul, desde que o presidente Jacob Zuma chegou ao poder, em 2009.

O governo Zuma adotou uma política diplomática específica de privilegiar as relações com Pequim, sobretudo no âmbito econômico, e de não dar tanto valor a temas de direitos humanos, ao contrário de seus antecessores, como Nelson Mandela e Thabo Mbeki.

Fonte: Ansa Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *