Aécio Neves defende acordo comercial com UE

 

Segundo o candidato do PSDB falta de acordo prejudica o Brasil (EPA)

Segundo o candidato do PSDB falta de acordo prejudica o Brasil (EPA)

Após reunião com o presidente da Comissão Europeia, José Manuel Durão Barroso, no Rio de Janeiro, o candidato à Presidência da República, Aécio Neves (PSDB), defendeu um acordo comercial entre o Mercosul e a União Europeia.

Segundo o candidato, o atraso nas negociações do acordo “está impedindo o Brasil de já receber benefícios importantes dessa parceria”. “Infelizmente, temos hoje uma política externa que prioriza o alinhamento ideológico em detrimento de parcerias comerciais que poderiam gerar mais renda, mais emprego, a inclusão das empresas brasileiras nas cadeias globais de produção, por exemplo”, disse Aécio Neves. E acrescentou: “No momento em que tivermos um governo que não busque apenas aliança entre vizinhos, mas alianças que possam ajudar a desenvolver a nossa economia, o entendimento com a União Europeia vai avançar.

Espero que isso possa ocorrer a partir de 2015″, conforme informações publicadas no site do candidato.

De acordo com Aécio Neves, a discussão sobre o acordo deverá ocorrer somente no próximo ano e o ministro Durão Barroso é “um homem do equilíbrio e tem sido, ao longo desses últimos dez anos, o ponto de convergência da União Europeia. Ele reitera a sua convicção na força do euro, mas busca no limite dos seus esforços pessoais, de alguma forma, apressar, antecipar os entendimentos com a nossa região que ele considera extremamente salutar, tanto pra nós, quanto pra União Europeia. Infelizmente, repito, essa agenda ficou para 2015”, disse.

Após a reunião no Rio de Janeiro, Aécio Neves viajou para Minas Gerias, onde visitou o Santuário de Nossa Senhora da Piedade, em Caeté, acompanhado do governador Alberto Pinto Coelho, e do candidato ao governo de Minas, Pimenta da Veiga. À noite, em Belo Horizonte, o tucano reúne-se com os candidatos a cargos eletivos no estado.

O candidato Mauro Iasi, do PCB, teve compromissos de campanha no Espírito Santo, onde concedeu entrevista à imprensa e participou do Encontro Nacional de Movimentos pela Universidade Popular, na Universidade Federal do Espírito Santo.

Fonte: Agência Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *