Governo anuncia investimentos em Araxá-MG

investimentos AraxáAraxá, no Alto Paranaíba, receberá do governo de Minas Gerais investimentos de R$ 13 milhões, por meio da Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (Codemig). Serão trabalhados os setores de infraestrutura, desenvolvimento econômico, cultura e turismo.

Desses recursos, R$ 8 milhões serão aplicados nas obras de melhorias da avenida José Ananias de Aguiar, além da restauração de 4,6 quilômetros da rodovia AMG-0705 e a implantação de um trevo no entroncamento da AMG – 0710 (Aeroporto) com a AMG 0715 (Barreiro). Os outros R$ 5 milhões serão destinados ao projeto e obra para construção da Vila do Artesanato, no Complexo do Barreiro.

Além do anúncio de investimentos foi feito nesta sexta-feira, 21 de março.

Outros benefícios – Vila do Artesanato

Os moradores e turistas de Araxá contarão com a Vila do Artesanato, a ser implantada no Complexo do Barreiro, próxima a rotatória de entrada do Grande Hotel. A Vila contará com 922 metros quadrados de área construída, 46 lojas para expositores, incluindo espaços para alimentação. O local é uma demanda dos artesãos locais. Os investimentos previstos são de R$ 5 milhões, via Codemig.

O projeto básico de arquitetura e os projetos complementares já foram concluídos, enquanto os projetos complementares estão em fase de avaliação final pela Diretoria de Obras da Codemig. Após essa etapa, será realizada a licitação das obras do espaço.

Restauro

Anastasia participou de missa que marcou a entrega das obras de restauro da Igreja Nossa Senhora das Graças, no complexo do Barreiro. Com investimentos de R$ 1,8 milhão do Governo de Minas, as intervenções foram acompanhadas pelo Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico (Iepha) e tiveram início em abril de 2013, sendo concluídas neste mês. Em média, 12 operários trabalharam do início ao fim das obras.

A restauração da Igreja permitiu o retorno das características originais do espaço, construído na década de 1960 e tombado pelo Iepha em 1989.

Entre as melhorias realizadas na Igreja e seu entorno estão a recuperação do telhado, com a troca de 100% das telhas e de parte do madeiramento; a recomposição parcial do reboco externo e interno; a substituição de pisos; restauração de portas e esquadrias; aplicação de barrado em granito nas fachadas da igreja dando mais proteção às paredes externas; troca de toda a parte elétrica; recuperação dos bancos e da pintura do altar; reformulação do paisagismo; implantação de novas espécies de árvores; desenvolvimento de um novo desenho para o pórtico de entrada da igreja, deixando-o mais detalhado em relação à versão anterior. Também foi realizada a retirada dos retábulos laterais na parte interna, ação importante por se tratar de interferência no arco-cruzeiro e no conjunto da nave.

Agência Minas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *