Aprovadas propostas do PJ Minas sobre sustentabilidade

Imagem: ocultivoavida.blogspot.comReunidos no Plenário da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, nesta sexta-feira (23), estudantes debateram e aprovaram propostas finais do Parlamento Jovem Minas 2013, projeto da ALMG em parceria com a PUC Minas. Na comemoração dos seus 10 anos, o Parlamento Jovem colocou em discussão o tema “Cidades sustentáveis: Desafios para as novas gerações”. Ao final do evento, o documento com as propostas aprovadas foi entregue ao presidente e à vice-presidente da Comissão de Participação Popular, deputado André Quintão (PT) e deputada Maria Tereza Lara (PT), respectivamente.

Quintão deixou firmado o compromisso de que todas as propostas aprovadas na plenária final serão objeto de análise da comissão. Ele registrou que esse processo é realizado anualmente e que muitas sugestões apresentadas no Parlamento Jovem são transformadas em projetos de lei. E citou como exemplos a garantia de espaço nas escolas para funcionamento dos grêmios estudantis e a extensão da alimentação escolar para o ensino médio em regiões pobres do Estado.

Cerca de 200 estudantes do ensino médio de 18 cidades mineiras participaram ativamente dos debates e contribuíram com várias sugestões sobre o tema da sustentabilidade. Antes da plenária final, eles tinham se dividido em três grupos, cada um debatendo um subtema diferente.

Os subtemas trabalhados nesta edição do evento foram: Uso e conservação da água; Produção e consumo; e Gestão do espaços urbano e rural. Nos grupos, os estudantes discutiram as propostas e priorizaram cinco delas para compor o documento final do PJ Minas 2013.

O documento inicial tinha 15 propostas. uma delas foi suprimida, mas, ao final, foram aprovadas outras cinco sugestões em separado. O documento final ficou, então, com 19 propostas.

Agência Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *