Obama diz que Estados Unidos vão reavaliar relações com Rússia

Obama diz que Estados Unidos vão reavaliar relações com RússiaO presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, disse nessa sexta-feira (9), em conferência de imprensa, que os Estados Unidos vão reavaliar suas relações com a Rússia após o país europeu conceder asilo político a Edward Snowden, um ex-consultor de informática acusado de traição por divulgar um programa secreto de espionagem da Agência de Segurança Nacional (NSA).

“Creio que o episódio mais recente [o asilo político a Snowden] se soma a um número de discrepâncias surgidas nos últimos meses e, possivelmente, seja adequado que façamos uma pausa, que reavaliemos para onde vai a Rússia, quais são os nossos interesses centrais e calibremos as relações”, disse Obama.

O presidente advertiu que “não se deve esperar acordos 100%” e que as diferenças não podem ser disfarçadas totalmente. “Vamos examinar onde as relações podem supor um avanço para os interesses dos Estados Unidos. Onde puder, trabalharemos com eles, onde houver discrepância, manifestaremos claramente”.

As relações entre Rússia e Estados Unidos ficaram tensas após a decisão do governo russo de conceder asilo temporário a Snowden, que revelou a existência de programas da NSA para espionar áudios, registros telefônicos, vídeos, fotos, e-mails, documentos e conexões online de milhões de usuários, governos e empresas dentro e fora dos Estados Unidos.

Em resposta, Obama cancelou nesta semana um encontro com o presidente russo Vladimir Putin marcado para setembro em Moscou.

O caso Snowden foi discutido nesta sexta-feira pelos secretários de Defesa dos Estados Unidos, John Kerry e Chuck Hagel, e da Rússia, Serguei Lavroc e Serguei Choigu. A reunião também discutiu temas como a crise na Síria, o novo tratado de desarmamento nuclear e o programa nuclear do Irã.

Agência Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *