Secretário de Estado reitera parcerias com Uberlândia

Secretário do Estado Narcio Rodrigues, visitou o prefeito Gilmar Machado na tarde de quarta-feira (20)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O Secretário de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Narcio Rodrigues, visitou o prefeito Gilmar Machado na tarde de quarta-feira (20), para apresentar e reiterar as parcerias dos projetos já trabalhados em Uberlândia.

“Vamos implementar com a cidade a criação do Parque Tecnológico de Uberlândia e trazer unidades da Universidade Aberta Integrada de Minas Gerais – UAITEC. Na oportunidade, apresentei o coordenador do complexo espacial de Minas Gerais, Coronel Marco Antônio Sala, e os diretores da Axis Aeroespacial, que é a empresa que está desenvolvendo a aeronave Tupã em Tupaciguara”, destacou o secretário.

O Triângulo Mineiro terá um polo aeroespacial, desenvolvido em parceria com várias universidades, especialmente com a UFU e UFTM. Em sua visita, Nárcio destacou a importância do prefeito estar dando apoio a esse projeto, visto que o polo aeroespacial terá atuação em Tupaciguara, Uberlândia, Uberaba e Araguari.

“É muito importante que ele como prefeito e presidente da Amvap coloque o seu apoio decisivo para que as ações possam ganhar corpo e avançar. Nós temos a possibilidade concreta de iniciar o protótipo dessa aeronave Tupã, que vai representar para o Brasil e até para a viação mundial um grande avanço no sentido de introduzir uma aeronave de alta tecnologia, de muito conforto e de muita segurança, de baixo custo operacional, com um valor de mercado altamente competitivo”, afirmou Nárcio.

O polo aeroespacial faz com que a região passe a ter na indústria aeronáutica uma nova opção para diversificar a economia. O Triângulo Mineiro sairá na frente na montagem de uma grande indústria aeroespacial e na criação de um centro de pesquisa e desenvolvimento nessa área, que é estratégica para a economia do conhecimento.

O secretário municipal de Gestão Estratégica, Stoessel Luiz Vinhas Ribeiro, também participou da reunião.

Por Secom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *