Oposição entra com recurso no TSE para barrar candidatura de Béia

Polêmica só deve ter um desfecho após as eleições

A Coligação “O Poder do Povo” do candidato a prefeito Pedro Lucas Rodrigues entrou com novo recurso para barrar a candidatura de Béia Savassi. Os advogados da coligação levaram o caso para o Tribunal Superior Eleitoral-TSE, em Brasília. O resultado dessa polêmica, no entanto, só deverá sair após a eleição.

A ação ajuizada pela coligação “O Poder do Povo” alega que Béia Savassi não poderia ser candidata a prefeita de Patos de Minas uma vez que não se desligou do cargo de Superintendente da Rádio Clube no prazo de seis meses determinado pela legislação eleitoral. A Justiça Eleitoral em Patos de Minas entendeu que, como já ocupa o cargo de prefeita, Béia não precisaria apresentar esse tipo de comprovação.

A coligação “O Poder do Povo” recorreu ao Tribunal Regional Eleitoral-TRE, em Belo Horizonte. No primeiro julgamento, os seis juízes foram unânimes e indeferiram a candidatura de Béia Savassi. Os advogados de defesa da candidata recorreram no próprio TRE e reverteram o resultado. Por 4 votos a 2, os juízes entenderam que Béia Savassi está apta a disputar as eleições.

Mas o caso ainda vai mais longe. Os advogados do candidato Pedro Lucas recorreram, no início da semana, ao tribunal Superior Eleitoral. Eles entraram com um recurso especial para tentar mudar a decisão do TRE e impedir a candidatura de Béia Savassi. A defesa da candidata se diz confiante, apontando inclusive que o recurso nem será aceito. Com a proximidade do pleito, a decisão final, no entanto, deverá ficar para depois das eleições.

Farley Rocha

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *