Civis prendem possível quadrilha de roubo a concessionárias

Presos (Imagem: Divulgação PCMG)

Presos (Imagem: Divulgação PCMG)

A Polícia Civil (PC) prendeu cinco pessoas suspeitas de envolvimento em quadrilha responsável por cometer cerca de seis roubos a concessionárias de pneus de caminhão em Minas Gerais.

Em cada roubo, o prejuízo era de cerca de R$ 500 mil, totalizando um prejuízo de R$ 3 milhões a concessionárias de Belo Horizonte e região metropolitana, em um intervalo de seis meses.

Após investigações, civis prenderam, Luiz Henrique Santos Juventino, 22 anos, Gilberto Martins dos Santos Filho, 28, Tássio Luiz Mariano Gonçalves Filho, 22, Ademir Moreira da Silva, 44 e Helbert Luz da Silva, 39.

Max Amorim Santos, 31 anos, irmão de Luiz Henrique está foragido. De acordo com as investigações, os dois seriam os líderes da quadrilha e os responsáveis pela abordagem aos responsáveis das empresas. “Os dois chegavam no local do roubo, atraiam e rendiam o responsável pelo local, enquanto os outros integrantes da organização criminosa entravam e roubavam os materiais”, contou o delegado, Gustavo Barletta, responsável pelas investigações.

“A quadrilha tinha como objetivo principal o roubo dos pneus, entretanto vários outros objetos eram roubados. Entre eles, computadores, celulares, televisores e até mesmo produtos perecíveis encontrados nas cantinas dos estabelecimentos”, acrescentou o delegado.

Além deles, também faltam identificar mais três suspeitos que ajudavam no carregamento da carga. Os suspeitos responderão por formação de organização criminosa, porte ilegal de arma de fogo e roubo.

As investigações continuam no intuito de identificar os receptadores.

Fonte: Polícia Civil de Minas Gerais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *