Brasileiro é preso com 2 milhões de euros em cocaína líquida em Roma

Um brasileiro foi preso neste sábado (29) no aeroporto de Fiumicino, em Roma, com sete quilos de cocaína líquida escondidas em diversos pares de tênis, informou a polícia local. Segundo informações da Guarda de Finanças do Comando Provincial de Roma, o homem havia partido de São Paulo e levantou suspeitas ao ser questionado na chegada à Itália.

Ao verificar a mala, os policiais desconfiaram da quantidade de pares de tênis com o brasileiro, seis na bagagem e mais um que ele usava. Ao fazerem testes no líquido que fica dentro do tênis, eles verificaram que se tratava de cocaína e não de gel para amortecer impacto.

A droga apreendida, considerada muito pura, renderia cerca de 100 mil doses avaliadas em 2 milhões de euros (cerca de R$ 7 milhões). O homem foi transferido para o presídio de Civitavecchia.

Agência Ansa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *