Candidato a vereador de Nova Ponte é preso por compra de votos

A Polícia Militar (PM) e a Civil (PC) de Nova Ponte, no Triângulo Mineiro flagraram um candidato a vereador da cidade com aproximadamente R$ 40 mil, que supostamente seriam usados para compra de votos. A ocorrência foi na parte da manhã.

A prisão aconteceu na casa do candidato, no centro da cidade. No local estavam 18 eleitores, que possivelmente estariam vendendo o voto. Todos foram encaminhados até a delegacia.

O delegado Eduardo Garcia, que ficou responsável pelo caso, vai ouvir todos os envolvidos e só divulgará o nome do candidato após os depoimentos.

Uma resposta a Candidato a vereador de Nova Ponte é preso por compra de votos

  1. thaillan yago disse:

    Ricardo vulgo Coelhão kkkkkkkkkkkkkkk

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *