Candidato a prefeito de Itumbiara morre e vice-governador é baleado em atentado

Reprodução SBT

Reprodução SBT

A quatro dias das eleições municipais, um atentado contra políticos na cidade de Itumbiara, em Goiás, matou três pessoas e deixou outras duas feridas. Entre os baleados está o vice-governador de Goiás, José Eliton, do PSDB, 44 anos.

O candidato à prefeitura da cidade, José Gomes Rocha (PTB), de 58 anos, conhecido como Zé Gomes, que liderava as pesquisas de intenção de voto, também foi baleado. Gomes não resistiu aos ferimentos. Um policial também morreu, o cabo da PM Vanilson João Pereira, de 36 anos.

Gilberto Ferreira do Amaral, atirador, foi morto na ação

Gilberto Ferreira do Amaral, atirador, foi morto na ação

O quarto atingido foi o advogado da Prefeitura de Itumbiara, Célio Rezende, de 62 anos, que também participava da carreata.

Além das vítimas, o atirador que atingiu quatro pessoas também foi morto por seguranças do governo. De acordo com o delegado regional de Itumbiara, Ricardo Chueire, o autor foi identificado como Gilberto Ferreira do Amaral, de 53 anos. Ele morreu dentro de um veículo.

Centenas de correligionários acompanhavam a carretada, quando de repente, pelo menor 20 disparos foram ouvidos.

Vítimas que sobreviveram foram transportadas de helicóptero

Vítimas que sobreviveram foram transportadas de helicóptero

O atirador parou na frente do veículo onde Eliton e José Gomes estavam e atirou várias vezes. Eliton foi socorrido para o Hospital Municipal Modesto de Carvalho, em Itumbiara e depois transferido em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) aérea de Goiânia para a capital, juntamente com o advogado Célio Rezende, que também foi ferido.

Em nota, o governo de Goiás informou que o estado de saúde do governador em exercício e secretário de Segurança Pública de Goiás, José Eliton, é estável e sem risco de morte.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *