Homem é preso suspeito de estuprar filha por 4 anos em Prata

A Polícia Militar (PM) de Prata, no Triângulo Mineiro, prendeu um homem de 33 anos suspeito de estupro. Ele teria violentado sexualmente a filha durante quatro anos, desde que a menina tinha 10 anos de idade. A prisão ocorreu na última quinta-feira, 4.

Segundo a Polícia Civil, a adolescente, que hoje tem 14 anos confirmou os estupros a uma equipe do Conselho Tutelar que foi até a escola onde ela estuda após denúncias da população. A mãe disse que não sabia dos abusos, “só desconfiava, pois a relação entre os dois não parecia ser de pai e filha e sim de um casal”.

A mãe ainda alegou já ter perguntado à filha, que negou várias vezes. No entanto, cinco dias antes da denúncia ao Conselho Tutelar, a adolescente teria confirmado os estupros à mãe. Sobre isso ela disse não ter denunciado por não saber como fazê-lo e quais seriam as consequências para o marido.

A Polícia Militar (PM) foi acionada e localizou o suspeito no Bairro Jardim Brasil.

A menor disse não ter falado nada sobre os crimes porque o pai a ameaçava de morte e ela ainda temia que ele fosse preso. Ela foi levada para o Pronto-Socorro Municipal, onde foi comprovado o rompimento de hímen. Ela não tinha marcas de lesões recentes pelo corpo.

Ainda de acordo com a PC, os abusos começaram com carícias pelo corpo da menina aos 10 anos. Aos 12 ele teria consumado o ato sexual pela primeira vez. Há oito meses os estupros teriam parado, porque a adolescente começou a se impor. Os estupros aconteciam toda semana, dentro de casa, depois que a mãe da vítima saía para trabalhar.

Pai, mãe e filha prestaram depoimento. O homem foi liberado por não haver flagrante. A PC abrirá um inquérito e, caso seja comprovado o crime, o processo será de responsabilidade do Judiciário.

Mãe e filha receberão atendimento psicológico e a adolescente fará exames, pois o pai não usava preservativo nos abusos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *