Homem compra carne em nome da PM, mas churrasco “na faixa” dá errado

A carne foi apreendida antes de ser assada pelo suspeito do golpe

A carne foi apreendida antes de ser assada pelo suspeito do golpe. (Foto: Patrocínio Online)

Um cidadão, já conhecido no meio policial, utilizando de artifício, pediu R$ 118 em carnes para churrasco em um açougue da cidade de Patrocínio. Ele pegou a encomenda de carne com o entregador e disse que seria paga por um Sargento da Polícia Militar na sede do 46ºBPM.

Os militares tomando conhecimento desse velho golpe saíram em rastreamento e conseguiram localizar e identificar Antônio Marcos de Deus e Silva, mais conhecido por “Toninho da Aida”.  Ele foi reconhecido e preso e a carne recolhida antes que o suspeito fizesse o churrasco.

Suspeito deusar o nome da PM para aplicar golpes na cidade

Suspeito de usar o nome da PM para aplicar golpes na cidade (Foto: Patrocínio Online)

 

Por Patrocínio Online

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *