Justiça considera greve da Polícia Civil ilegal

A Justiça considerou ilegal a greve da Polícia Civil de Minas Gerais e determinou que os policiais voltem ao trabalho imediatamente. A informação é da Secretaria de Estado de Governo (Segov).

De acordo com a pasta, a decisão foi tomada na quarta-feira pelo desembargador Alberto Vilas Boas Vieira de Sousa. Ele determinou que a categoria volte ao trabalho, sob pena de multa diária de R$ 350 mil para os sindicatos.

Ainda de acordo com a Segov, está marcada uma audiência de conciliação para a tarde de 29 de junho na sala de audiências do Palácio da Justiça.

O Sindicato dos Servidores da Polícia Civil do Estado de Minas Gerais (Sindpol/MG) informou, na manhã desta quinta-feira, que não foi notificado sobre a decisão.

EM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *