Personal é preso pela em Goiânia suspeito de latrocínio

Personal Trainer é preso pela polícia de Goiânia por latrocínioEm Goiânia, o fisiculturista Wellson de Barros Moura (foto), de 33 anos, é conhecido, além dos músculos, também por ser proprietário de uma academia bastante frequentada na Avenida T-9, no Jardim Planalto.

Na tarde da última segunda-feira (11/04), a Divisão de Capturas da Delegacia Estadual de Repressão aos Narcóticos prendeu Wellson após descobrir que ele estava foragido há quase 10 anos da cidade de Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, onde foi condenado por latrocínio – roubo seguido de morte.

De acordo com o que apurou o titular da Denarc, Delegado Alécio Moreira, Wellson de Barros, que era jogador de futebol, matou em 2002, durante um roubo em Campo Grande, o empresário Marcos Nantes, proprietário da revendedora de veículos RR.

Após o crime, Wellson, que era conhecido pelo apelido de “Vovô”, foi para a Espanha jogar futebol, e ao retornar em 2004 acabou preso em virtude de um mandado de Prisão Preventiva.

Já condenado pelo latrocínio, Wellson fugiu do Complexo Prisional de Campo Grande em 2006, e segundo apurou Alécio, morou algum tempo em São Bernardo do Campo, e há pelo menos cinco anos mudou-se para Goiânia, onde atuava como empresário e Personal Trainer. Bastante conhecido pela avantajada forma física, Wellson tem mais de 14 mil seguidores no Instagram.

A prisão já foi comunicada ao Poder Judiciário do Mato Grosso do Sul, que deve providenciar a transferência dele para Campo Grande nos próximos dias.

Ao falar sobre a prisão de Wellson, o titular da Denarc fez um balanço positivo da Divisão de Capturas, que foi criada ano passado naquela Especializada. “Somente nos três primeiros meses deste ano já conseguimos recapturar mais de 100 foragidos da Justiça”, relatou.

DM Online

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *