Interpol prende cinco procurados da Justiça chinesa em São Paulo

Uipi NotíciasA Polícia Federal, por meio da Interpol, prendeu hoje (10) cinco procurados pela Justiça chinesa que estavam escondidos na cidade de São Paulo e constavam na lista vermelha de foragidos internacionais.

Foram cumpridos 5 mandados de prisão preventiva para extradição, expedidos pelo Supremo Tribunal Federal, a pedido da PF.

Após a realização de investigações, foram identificados e localizados três homens e duas mulheres procurados por estelionato ou crimes financeiros cometidos na China. Eles foram presos em suas residências na capital, nos bairros Liberdade e Saúde. A PF ainda investiga se há conexão entre eles.

Os presos, todos de nacionalidade chinesa, estavam estabelecidos no Brasil desde 2013. Somente um se encontrava em situação irregular e todos aparentavam ter ocupações lícitas. Agora, a PF investigará a natureza de suas atividades e seus rendimentos.

O trabalho é resultado da cooperação internacional entre Brasil e China, que foi intensificada após a ratificação de acordo de extradição entre os dois países em abril de 2015. Com a cooperação policial internacional, foi possível à Interpol do Brasil, verificar uma tendência de aumento de vinda para o Brasil por procurados pela justiça chinesa, sobretudo para se estabelecerem na capital paulista.

Os presos permanecerão à disposição do Supremo Tribunal Federal nas dependências da PF, aguardando o fim do processo de extradição para a China.

Polícia Federal

2 respostas a Interpol prende cinco procurados da Justiça chinesa em São Paulo

  1. marisa disse:

    Remoto neural monitoramento por satélite terrorismo no Brasil

    Os cérebros dos brasileiros estão sendo conectados à satélites para fins de tortura e assassinato e o governo continua ignorando os fatos. Essa tecnologia por satélite é controlada por uma rede global de criminosos esses elementos adentram o cérebro humano 24 hs a conexão pode vir de várias pessoas ao mesmo tempo, leitura do córtex visual através da interface cérebro computador utilizando antenas de telefonia, satélite e o cérebro humano. Essa arma sonora é perigosa através dela é possível inserir sons e imagens direto no crânio do alvo com auxílio de ondas acústicas, vibracionais de rádio frequência eletromagnética com o uso de implante ou assinatura cerebral. Os elementos que compõem o bando que estão ignorando às leis são formados por quadrilhas inteiras que estão usurpando estes corpos. O crime organizado utiliza essa tecnologia no tráfico de drogas, gente para fraudar concursos públicos, vestibular ou simplesmente para atormentar, atordoar, torturar cidadãos inocentes. Leiam mais v2k technology, voice to skull, nano implant brain radar synthetic telepathy gang stalking world, target individual, microwaves in remote neural monitoring psychotronic Weapons, mk ultra, mind control an silent sound, monitoramento e rastreamento remoto do cérebro humano por radar. Já existem inúmeras vítimas no nosso país isto está acontecendo no mundo todo. Pessoa alguma está isenta de ser conectado e se tornar uma vítima. Recentemente foi aprovada uma lei nos EUA contra o uso de armas geofísicas climática e controle mental, gostaria de saber a opinião da população e autoridades brasileiras à respeito desse tipo de crime HEDIONDO no país.

  2. marisa disse:

    Perseguição organizada e vigilância por satélite e tortura

    O pensamento humano já não pertence a esfera privada, o cérebro humano é um transmissor e receptor bioeletromagnetico, a atividade cerebral gera sinais que podem ser captados por receptores sensíveis que funcionam de forma semelhante a um receptor de rádio ou telefone celular e estes dispositivos podem ser acessados remotamente. A voz direcionada para o crânio da vítima chama se V2K ou voice to skull é possível ouvi la através das microondas. A leitura da mente humana e controle da mente são violações horríveis dos direitos humanos muitas pessoas são escolhidas ainda crianças aleatoriamente e são atacadas fisicamente e mentalmente durante toda a sua vida. Esse abuso tortura eletrônica e experimentação e perseguição organizada é um crime contra a humanidade e as vítimas precisam de ajuda humanitária e jurídica urgentemente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *