Detentos ajudam na distribuição de água mineral em Governador Valadares

Detentos ajudam na distribuição de água mineral em Governador ValadaresUm grupo de 13 detentos do regime semiaberto de diversas unidades prisionais da região, que têm autorização judicial para trabalho externo, está engajado no serviço de distribuição de água mineral em caráter de emergência em Governador Valadares, na reigião do Vale do Rio Doce.

A parceria é uma contribuição da Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds) e da Justiça local nos esforços para enfrentar a escassez de água potável na cidade, que teve seu manancial, o Rio Doce, atingido pela lama vazada das barragens da mineradora Samarco, em Mariana.

Diariamente, de 10h às 18h, os presos fazem o transbordo para veículos menores de galões e fardos de garrafas de água mineral que chegam a Governador Valadares em grandes carretas. São em média 30 cargas por dia, movimentadas no 6º Batalhão da Polícia Militar e no Pátio de Transbordo da empresa Vale.

Segundo o juiz de Execuções Criminais da comarca, Thiago Colnago Cabral, são detentos que já tinham trabalho externo regular e que foram deslocados temporariamente para essa atividade, atendendo às demandas do Gabinete de Crise do município. “Dar a oportunidade ao preso de contribuir para a coletividade é muito importante no processo de ressocialização”, afirma Colnago.

O major Souza Lima, da Polícia Militar, que supervisiona a área de logística do Gabinete de Crise, estima que o trabalho dos detentos, que começou neste domingo (15/11), vai se estender pelo menos até a próxima sexta-feira (20/11).

Os presos já possuem permissão para trabalho externo e foram autorizados pelo juiz a se deslocarem para o 6º Batalhão da Polícia Militar e para o Pátio de Transbordo da empresa Vale, onde estão sendo realizados o descarregamento e o carregamento dos caminhões.

Agência Minas

Uma resposta a Detentos ajudam na distribuição de água mineral em Governador Valadares

  1. JOÃO NETO disse:

    (Dar a oportunidade ao preso de contribuir para a coletividade é muito importante no processo de ressocialização), ESTE É UM VERDADEIRO EXERCÍCIO DE CIDADANIA E RESSOCIALIZAÇÃO DESTE APENADOS, PARABENS PELA BRILHANTE IDÉIA.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *