Homem esfaqueia seis pessoas na Marcha do Orgulho Gay em Jerusalém

Um judeu ultraortodoxo esfaqueou seis pessoas durante a Marcha do Orgulho Gay em Jerusalém. Na edição de 2005 da marcha, ele já havia ferido três pessoas. O homem saiu  da prisão há apenas três semanas, após cumprir pena de dez anos pelo ataque anterior, segundo fonte oficial citada pela agência France Presse (AFP).

Uma testemunha informou à agência espanhola EFE que ele “começou a apunhalar as pessoas, e rapidamente vários policiais partiram para cima dele, imobilizando-o numa questão de segundos”.

Cerca de 5 mil pessoas participaram da marcha hoje em Jerusalém para reivindicar os direitos da comunidade LGBT, um evento acompanhado por centenas de agentes de segurança.

Em comunicado, o primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, condenou o ataque.

Agência Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *