Malásia encontra valas comuns em campos clandestinos

Migrants from Myanmar and Bangladesh land in MalaysiaAs autoridades malaias anunciaram a descoberta de valas comuns em ao menos 17 acampamentos clandestinos abandonados na fronteira com a Tailândia. Os locais seriam usados por traficantes de pessoas na Tailândia para manter muçulmanos de etnia rohingya que fogem de Myanmar.

O ministro do Interior da Malásia, Zahid Hamidi, disse que a polícia está tentando identificar e investigar as valas. “Acreditamos que seja parte da atividade dos traficantes de seres humanos”, comentou, ressaltando que não há número oficial de corpos encontrados.

Mais de 3,6 mil muçulmanos rohingyas chegaram à Indonésia, Malásia e Tailândia desde 10 de maio. Milhares estariam em barcos em alto mar, impedidos de chegarem à terra firme.

Os rohingyas são originários de Myanmar, mas considerados imigrantes ilegais em seu próprio país.

Ansa Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *