Padre é detido por prostituição infantil

 

Padre da província de Viterbo (centro) é acusado de ser cliente da quadrilha (foto: ANSA)

Padre da província de Viterbo (centro) é acusado de ser cliente da quadrilha (foto: ANSA)

Oito pessoas foram presas nesta quinta-feira (21) pela polícia italiana por suspeita de participarem de um esquema de prostituição infantil nos arredores da principal estação ferroviária de Roma, Termini.

    Entre os detidos está um padre de 68 anos, que foi pego com uma grande quantidade de material de pedofilia. Seu nome não foi divulgado pelas autoridades, mas ele seria um cliente habitual da quadrilha.

    Segundo os investigadores, o grupo aliciava menores ciganos na estação e depois os fazia se prostituírem. Os programas eram realizados em hotéis, parques, banheiros públicos, a bordo de trens de longa distância e nas casas dos suspeitos. Os valores variavam entre 10 e 50 euros.

    As prisões foram efetuadas na própria capital italiana, nas províncias vizinhas de Rieti e Viterbo e em Nápoles, já as vítimas eram garotos e garotas entre 13 e 17 anos.

Ansa Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *