Dzhokhar Tsarnaev é condenado por júri e pode ser executado

 

EPA

EPA

chechêno Dzhokhar Tsarnaev, de 21 anos, foi considerado responsável pelo atentado contra a Maratona de Boston, que deixou três mortos e cerca de 260 feridos em 2013, e pode ser condenado à morte. Decisão foi tomada por júri após aproximadamente 11 horas de deliberações.

Entre as 30 acusações das quais foi considerado culpado, ele ainda foi acusado de ter usado arma de destruição em massa e de conspiração pelo atentado, o pior nos EUA desde o ataque contra as Torres Gêmeas, em 2011.

O julgamento agora entra em uma segunda fase, em que será decidida a sentença do criminoso, que pode ser executado ou condenado à prisão perpétua.

O jovem de 21 anos confessou recentemente diante da Justiça norte-americana ter realizado o ataque ao lado do seu irmão mais velho, Tamerlan.

    Histórico 

Em 15 de abril de 2013, duas bombas artesanais fabricadas pelos irmãos Dzhokhar e Tamerlan Tsarnaev, explodiram na linha de chegada, atingindo centenas de pessoas.

Os autores do atentado foram identificados dias mais tarde, graças a imagens de câmeras de segurança. O mais velho dos irmãos, Tamerlan, morreu durante confronto com a polícia, não antes de matar um oficial.

 

ANSA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *